Política

Política

person

Um dos assuntos que me intriga, mas  que não gosto de abordar é a política. Isso por dois motivos relevantes. Primeiro: a maioria das pessoas não entende absolutamente nada de política. Segundo: eu também não. Portanto, falar sobre política e sobre políticos não é nada fácil, porque envolve um labirinto de usos e costumes que nada têm de seriedade ou que visem o bem comum. Pois então, política a grosso modo é administrar as coisas do Estado para todos os cidadãos independentemente de situação social, econômica, filosófica, raça ou cor do cabelo.

Claro está que existem exceções, mas isso se conta nos dedos de uma só das mãos. Mesmo porque, em alguns países que permitem obter vantagem em tudo e a todo momento, a política é um prato cheio para tais objetivos. É o melhor meio para atingir a tão almejada fortuna através do poder que a política confere por ser mal entendida. Mas o que me conforma é que durante toda a história da humanidade a política foi, indiscutivelmente, o melhor meio para atingir o poder e dele abusar sem muito escrúpulo.

Portanto, os que se submetem aos ditames da política, ou que pretendem participar da mesma com alguma seriedade devem ter alguns cuidados, entre estes não se contaminar com uma atitude chamada corrupção: dinheiro, para ficar por aqui.