Rotina alterada

Rotina alterada

person

A vida nos apresenta desafios e surpresas a todos os momentos. No último domingo, tinha diversos planos, mas tudo mudou ao acordar, caminhar pelo jardim e visualizar, ao longe, pela grade, um cachorro amarrado por um pedaço de fio de energia elétrica, quase enforcando o animal, na grade de casa.
Para minha surpresa, não era apenas um cachorro, e sim um animal doente, quase morrendo em virtude da fome e de inúmeras doenças. Logo dei comida e tentei, em vão, buscar apoio de entidades ligadas a proteção aos animais e a prefeitura.
Como era domingo, ficou mais difícil de encontrar ajuda. Mas, para a minha surpresa, alguns vizinhos, alguns até então desconhecidos, pelo pouco tempo que resido na rua, apareceram para contribuir. Cada um colaborou como pode e assim compramos medicamentos, corrente, buscando amenizar a dor do animal.
No mesmo dia conseguimos apoio de uma mulher, que prefere não se identificar, um anjo da causa animal, que retira cachorros das ruas. Mais uma vez não mediu esforços para fazer curativos no cachorro e vem fazendo isso todos os dias da semana.
A cachorrinha, provavelmente com menos de um ano de vida, agora tem um lar provisório, alguns pretendentes para adoção, muito carinho e um nome: Bella. A Bella apareceu para mudar a rotina e os planos do último domingo, reaproximou vizinhos e nos mostrou que Guaíba precisa pensar melhor em seus animais.
É dificil entender qualquer agressão à vida humana e aos animais. Não sei quem deixou o animal no portão de minha casa. Provavelmente teve fortes motivos. Seja quem for, se seu objetivo era proporcionar uma vida melhor para a Bella, conseguiu.
Já dizia Ghandi: “a grandeza de um país e seu progresso podem ser medidos pela maneira como tratam seus animais”.