>Autodidatas que nos orgulham

Autodidatas que nos orgulham

Guaíba

 Isaias Klein e Luis Paulo Stracioni têm se destacado no cenário nacional e internacional através da sua arte.  Tem algo em comum. São guaibenses, autodidatas ambos passaram entre outras escolas, pelo Instituto Estadual de Educação Gomes Jardim. Hoje, Klein mora em Passo Fundo e Stracioni em Porto Alegre. Cada um com sua técnica, tem chamado a atenção  em espaços culturais e da mídia nacional e acabaram participando  do programa  da jornalista Fátima Bernardes, da Rede Globo.   

Isaías Klein foi chargista em alguns jornais como do jornal Nova Folha durante 2006 e 2009 e tem aprimorado seu talento. Em 2017, ilustrou o livro “A Noite das Tartarugas”, do escritor Jorge Alberto Salton. Eles vem conseguindo conciliar a carreira de Administrador de Empresas, e o mundo das Artes.
Tendo a caneta esferográfica como instrumento principal em sua arte, transita por temas diversos, onde há quase sempre a figura humana em suas variadas manifestações e expressões, observadas e recolhidas do nosso cotidiano. Música, cinema, comportamento e atitude também são observados em suas obras. Em 2009 foi Finalista do XVII Salão Internacional de Desenhos para a Imprensa de Porto Alegre - RS. No ano passado, realizou a exposição individual “Nosso Ipanema”, no Rio de Janeiro, com Curadoria do RL Escritório de Arte. Também no ano passado, sua obra “Quadra Central” foi selecionada na Exposição do Rio Open Arte - Torneio de Tênis. Sua obra “O Gaúcho e o Cavalo” foi presenteada ao Presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez.
Conheça mais o trabalho de Klein no site www.isaiasklein.com.

O artista plástico e ilustrador Luis Paulo Stracioni começou sua carreira artística através da caricatura. Logo, iniciou com a arte hiper-realista, utilizando-se do grafite e do papel. Posteriormente, o artista desenvolveu artes com tinta acrílica e a óleo. Atualmente Stracioni utiliza-se de uma de suas paixões para realizar suas artes, o café. Segundo ele, durante mais um dia de produção, tomando o seu tradicional café, derrubou acidentalmente a xícara em uma de suas pinturas. Os dias se passaram e o café secou, formando tons que encantaram os olhos do artista. Ali começou inúmeras artes, através da mistura do café, feita pelo próprio artista, para a criação de suas novas artes.
Stracioni é autodidata, já expôs em Dublin, na Irlanda, em Miami- EUA , além de Guaíba. Já participou de diversos programa de televisão, como Encontro com Fátima Bernardes na Globo, Masbah no SBT, Campo e Alma na Record News, entre outros .
Antes de descobrir que poderia viver somente da arte, trabalhou em diversos lugares. Há cinco anos trabalha somente com arte. “Dedico minha vida em fazer o que realmente amo. A arte me fez experimentar sensações e emoções que jamais havia sentido, realmente é mágico quando entro num mundo que é só meu, que é o da arte... é difícil de explicar a sensação, contudo posso dizer que minhas ideias e perspectivas de vida mudaram muito por causa dos meus momentos de criação”. disse o artista.
Em 2019, pretende expor em Paris e estará focado em projetos na cidade de Gramado.

Stracioni nas redes: Insta: @stracionioficial ;Face: Stracioni
Site: www.stracioni.com.br