>Colônia de Férias   no Gomes Jardim

Colônia de Férias no Gomes Jardim

Boas lembranças

Na década de 50, entre os meses de dezembro e fevereiro, as salas de aula se transformavam em dormitório no Grupo Escolar de Guaíba (hoje Instituto Estadual de Educação Gomes Jardim). A primeira escola pública da cidade era transformada em uma Colônia de Férias, recebendo crianças de outras cidades.
Maria Eloá  Severo Ponte morava em Porto Alegre, era uma daquelas crianças que contavam os dias para a chegada do verão. Hoje, mora em Quarai / Rs, há quase 600 km de Guaíba.
No mês passado, depois de 65 anos, voltou a cidade de Guaíba e visitou a escola Gomes Jardim onde passou  momentos que marcaram a infância. Lembrou que a escola não tinha muros e era cercada por uma cerca viva.
"Durante a estadia na escola, era tudo bem organizado. Levantávamos às 7h,  tomávamos café, brincávamos no pátio e íamos a praia no centro da cidade”, recorda de uma época  de água limpa na orla do Guaíba  e poucas pessoas nas ruas. “Era como uma cidade do interior”, recorda.  Segundo ela, cada turma de cerca de 100 crianças,  ficava 15 dias em Guaíba.