>De Guaíba Para o Mundo

De Guaíba Para o Mundo

Adriana de Los Santos

A instrumentista Adriana de Los Santos poderia ter seguido a carreira de professora, mas optou pela música. A compositora de certa forma segue a vocação focada na educação, formando novos gaiteiros, seguindo o seu mestre Sadi Cardoso, onde aprendeu a tocar gaita na infância, em Guaíba. Entre os shows, dá aulas de gaita no Projeto Fábrica de Gaiteiros além do projeto ‘De-lhe Fole’, onde ministra aulas de gaita ponto em projetos sociais pelas cidades de Rio Grande do Sul, inclusive em Guaíba, no bairro Parque 35.
Ela nasceu no Hospital Livramento (diz lamentar cada vez que passa por perto e ver o destino do local onde nasceu), passou a infância e adolescência no bairro 35, estudou nas escolas Nestor de Moura Jardim, Cônego Scherer e Gomes Jardim. Nesta última, fez dois anos do curso Normal. Não esquece de suas professoras, cita como exemplo Fátima Viegas e Maria do Carmo.. "Percebi que não tinha vocação para dar aula, mas me identifico como professora de música", comenta.
O mundo da música começou com incentivo da família."Meu pai era caminhoneiro , tocava viola e em cada retorno de viagem trazia um instrumento musical. Certa vez trouxe um acordeon e despertou o meu interesse e do meu irmão Jaques. Vendo isso, meu pai colocou-nos no curso de gaita de Sadi Cardoso", comentou.
Em 1992, iniciou sua carreira como instrumentista de gaita ponto participando de rodeios e festivais amadores. Com o grupo formado por mulheres tem tocado em eventos e bailes de diferentes regiões do Estado e Brasil Há seis anos segue a carreira internacional.

220 anos de carreira

Depois de ter aprendido a tocar, representou o CTG República Rigrandense em rodeios. Adriana de Los Santos, ao conquistar o título de campeã do 8º Acampamento da Arte Gaúcha de Tapes, em 2000, iniciou sua carreira profissional. Já tocou ao lado de grandes nomes da música gaúcha como: Os Mirins, Volmir Martins, Hique Gomez (no DVD especial Teixeirinha) e Programa Galpão Crioulo com Porca Véia e Airton Pimentel. Do ano de 2005 a 2012, Adriana de Los Santos participou das bandas As Gurias, Só Gurias e As Bahgualadas, que fizeram parte da história da música gaúcha se tornando a primeira banda formada exclusivamente por mulheres. Após ter percorrido Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Brasília, Roraima e Argentina e encerrar suas atividades com As Bahgualadas no final de 2012, Adriana criou a Banda Gurias Gaúchas. No ano de 2014 lançou seu 2º CD e entrou para o time da marca Roland, representando oficialmente a gaita FR-18 pelo Brasil e pelo mundo. Em janeiro de 2014 Adriana iniciou sua trajetória internacional . De abril a maio realizou 32 concertos na Europa e foi a primeira mulher na história da música a levar a cultura gaúcha como bandeira para tantas cidades Européias, inclusive Áustria e Suíça.
Em dezembro de 2014 recebeu o prêmio Vitor Mateus Teixeira (Teixeirinha) como melhor instrumentista do ano. Em 2016 Adriana participou do 4º Festival do Rio Grande do Sul em Paris – França.

 

'Guaíba é uma cidade acolhedora'

A instumentista guaibense Adriana de Los Santos destaca que encontra em Guaíba uma energia única. “E uma cidade acolhedora. Acredito que por ser banhada pela água, aqui flui boas energias e prosperidade”, disse. "Tocamos em diversas regiões do País e cidades gaúchas, mas tocar em Guaíba é diferente”, comenta. Segunda ela, a Semana Farroupilha de Guaíba é a maior festa do RS.
"O público é diferenciado. Ao mesmo tempo que presta atenção nos shows, vai para dançar”, observa, orgulhosa em poder ter participado das últimas edições da Semana Farroupilha. “ Guaíba significa família, me sinto acolhida”, disse.
Adriana Oliveira dos Santos, tem nome artístico Adriana de Los Santos por sugestão do músico Airton Pimentel, autor de músicas como Vento Norte e outros clássicos da música gaúcha.”Ele é meu padrinho. Minutos antes de ingressar no programa de televisão de Glênio Fagudes da TVE RS, perguntou-me pelo meu nome e disse que iria me apresentar no programa como Adriana de Los Santos", explicou. O nome agradou e ficou.

PROJETOS: Para 2020, pretende lançar quarto CD instrumental e um segundo clipe individual e novo clipe com o grupo Gurias. Deve ainda neste ano participar do Festival do Rio
Grande do Sul, em Paris.
Irá continuar dando aulas na Fábrica de Gaiteiros em Butiá e seu projeto de aulas De-lhe o fole, em Guaíba. Acompanhe Adriana de Los Santos nas redes sociais e no site www.adrianadelossantos.com.br.