>Eleitas novas direções nas escolas da rede municipal

Eleitas novas direções nas escolas da rede municipal

Eleições na rede municipal

Alunos, pais e servidores da rede municipal de ensino de Guaíba elegeram, na última terça-feira, 21, diretores e vice-diretores das escolas do município, de acordo com a Lei 2.777/2011.

A Prefeitura de Guaíba, através da Secretaria de Educação, informou a lista de diretorias eleitas para 2017-2020. A posse está marcada para 30/12/17. Confira a lista completa se diretores e vice-diretores das escolas:

 

EMEF Amadeu Bolognesi
Diretor eleito: João de Deus Mullet Pereira
Vice-diretores eleitos: Aline Rodrigues Harlacher, Valquíria Jesus da Silva e Cláudia Tobolsky Dídio
Percentual: 99,2%

EMEF Anita Garibaldi
Diretora eleita: Marta Borges da Conceição
Vice-diretora eleita: Evelize Martins Kruger Peres
Percentual: 99,3%

EMEF Arlindo Stringhini
Diretora eleita: Márcia Rejane da Silva
Vice-diretora eleita: Caroline Mallet Kepler
Percentual: 98,9%

EMEF Breno Guimarães
Diretora eleita: Maria de Lourdes Mello da Rosa
Vice-diretora eleita: Neusa Márcia Tolotti Praia
Percentual: 100%

EMEF José Carlos Ferreira
Diretora eleita: Eber Magda Ramos
Vice-diretoras eleitas: Rejane Lopes da Silva e Deisy Kubischewski De Aguiar
Percentual: 99,1%

EMEF Máximo Laviaguerre
Diretora eleita: Valéria Pereira de Morais
Vice-diretora eleita: Rosângela Aquino Cardoso
Percentual: 100%

EMEF Rio Grande do Sul
Diretora eleita: Marlene Judite Mesquita Crestani 
Vice-diretoras eleitas: Elida Fernanda de Souza e Roselangia de Carvalho Chaves
Percentual: 99,3%

EMEF Santa Rita de Cássia
Diretor eleito: Flávio Rubem Ferreira da Costa
Vice-diretores eleitos: Lizandra Pureza dos Santos Pochmann, Aline Freitas de Oliveira e Luiz Carlos de Souza Serissol
Percentual: 98,6%

EMEF São Francisco de Assis
Diretora eleita: Lenira Lessa
Vice-diretora eleita: Andreia Deantoni
Percentual: 100%

EMEF São Paulo
Diretora eleita: Rejane Fatima Guasso da Silva
Vice-diretor eleito: João Batista Malessa
Percentual: 99,3%

EMEF Teotônio Brandão Vilella
Diretora eleita: Morgana Nitschke
Vice-diretoras eleitas: Venita Baumhardt Moreira e Maria Stela Radeski
Percentual: 97,7%

EMEI Profª. Amélia Consuelo Laviaguerre
Diretora eleita: Adriane Ribeiro dos Santos
Vice-diretora eleita: Maria Helena Mello da Rosa
Percentual: 100%

EMEI Maria Dinorah
Diretora eleita: Fernanda Schonhorst
Vice-diretora eleita: Maile Gay Lopes da Silva
Percentual: 100%

EMEI Menino Jesus
Diretora eleita: Cristina Filomena Serini Crucius
Vice-diretora eleita: Adriana Barbieri Pasternak
Percentual: 100%

EMEI Nossa Senhora de Fátima
Diretora eleita: Silvana Freitas Barreto
Vice-diretora eleita: Ângela Maria Da Silva Klafke
Percentual: 100%

EMEI Noely Klein Varella
Diretora eleita: Silvia Vitória Da Rosa Lopes
Vice-diretora eleita: Iraceli Oliveira Brezezinsk
Percentual: 100%

EMEI Pedras Brancas
Diretora eleita: Ana Beatriz Alves Tavares
Percentual: 98,1%

EMEI Santa Isabel
Diretora eleita: Rosângela Soares Heim 
Vice-diretora eleita: Jussara Aparecida Barbosa da Cunha
Percentual: 100%

EMEI Três Patinhos
Diretora eleita: Iara Regina Cunha 
Vice-diretora eleita: Milene Lacerda
Percentual: 100%

EMEI Vovó Flor
Diretora eleita: Carliana Uranga da Rocha Silva
Vice-diretora eleita: Jaqueline Fabiane Diehl de Oliveira
Percentual: 99,3%


Entretanto, nem todas as escolas tiveram sua conclusão em relação aos nomes. Em nota emitida pela Prefeitura de Guaíba, o pleito segue dentro da normalidade em 22 unidades, onde há chapa única. No entanto, foi necesário a interrupção do processo nas EMEFs Inácio de Quadros, Darcy Berbigier e Zilá Paiva, em decorrência do não cumprimento de postura democrática, tais como: inúmeras denúncias de propaganda extemporânea; publicações extremamente ofensivas entre candidatos em redes sociais; interferência no andamento das aulas; formação de um ambiente de tumulto entre professores, funcionários e alunos; entre outros fatores.

Por precaução e lisura, a EMEF Santa Catarina, seguindo o critério de que também contava com duas chapas, da mesma forma, teve a interrupção de sua eleição. Sendo assim, a administração dessas quatro EMEFs, a partir de 1°/1/18, ficará sob competência da Secretaria Municipal de Educação até que seja retomado o processo eleitoral, ao longo do ano.

A Prefeitura de Guaíba complementa que entende que as eleições necessitam de garantia da democracia e todos devem primar pela ética, respeito, dignidade e qualidade do processo pedagógico, priorizando a responsabilidade com os alunos e o compromisso de dar-lhes bons exemplos.