>Família

Família

Matrimônio

O Foro de Guaíba recebe até terça, 16 de outubro, as inscrições para o 1° Casamento Coletivo do município, agendado para o dia 21 de novembro, às 16h. Promovido pelo Cartório Cavalar e o Foro, com o apoio do Sindicato dos Registradores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul (SINDIREGIS), a Defensoria Pública, a Secretaria de Assistência Social e a Câmara de Vereadores, ele deverá unir em matrimônio cerca de 20 casais.
Conforme o titular do cartório, Rogenio Cavalar, a ação é destinada a pessoas em situação de vulnerabilidade social – que não dispõem de condições financeiras para arcar com as despesas de um casamento. “O trabalho é inédito no município e, devido ao grande significado que possui, reuniu muitos parceiros. É a promoção de cidadania e de dignidade, que garantirá o sonho de muitas pessoas”, avalia.
As inscrições poderão serem feitas das 9h às 18h. Contudo, devido à capacidade de casais, garantirão a inscrição os 20 primeiros que comparecerem ao Foro. “O casamento coletivo é destinado a todos os casais que desejam oficializar a união, independente de orientação sexual. Para se inscrever é preciso comprovar residência em Guaíba e também a renda de até três salários mínimos, que pode ser substituída, entretanto, pelo Cadastro Único”, explica Rogenio Cavalar.
O presidente do SINDIREGIS – entidade que representa os cartórios de registro no Estado –, Carlos Fernando Reis, felicita a iniciativa no município. “No final de 2017, o sindicato apoiou a Prefeitura de Porto Alegre na realização de um casamento Coletivo no Paço Municipal. Foi uma iniciativa maravilhosa e uma experiência muito gratificante. Para nós, é recompensador atuar em ações que representam tanto na vida dos cidadãos”, reflete.