>Vereador é alvo da operação da Polícia Civil

Vereador é alvo da operação da Polícia Civil

Política

A Delegacia de Repressão a Crimes a Administração e Ordem Tributária (Deat), da Polícia Civil, cumpriu na manhã de quarta-feira, 28 de março, 19 mandados judiciais de busca e apreensão em Porto Alegre e Guaíba, além de 13 ordens judiciais de indisponibilidade de bens. Através da Operação Educatio, a polícia investiga pessoas que estariam comercializando diplomas falsos de cursos de pós-graduação, principalmente diplomas de Medicina. Por ter feito o curso em 2014, na empresa suspeita, o presidente da Câmara de Vereadores de Guaíba, Renan Pereira, foi alvo da ação. O vereador fez curso de pós-graduação em pediatria pelo Grupo Educacional Facinepe, que investigado desde o ano passado por irregularidades na oferta de cursos de pós-graduação pela Polícia Civil, pelo Ministério Público Federal e pelo Ministério da Educação.
Antes das 8h da manhã, de quarta-feira, 28, cerca de dez policiais cumpriram mandado de busca e apreensão na sua residência e no seu gabinete na Câmara Municipal. Segundo Renan, os policiais procuravam dinheiro ou alguma prova de ligação dele com a empresa, mas nada encontraram. O vereador entregou o diploma e o Trabalho de Conclusão do Curso concluído em 2014. Conforme ele, policiais não levaram nada do seu apartamento ou da Câmara de Vereadores. A investigação tramita em segredo de Justiça e a polícia não divulga detalhes do trabalho.
Pereira estranhou o fato de só ele, ser alvo da operação, uma vez que mais de 30 mil pessoas fizeram o curso. “Acredito que foram aleatoriamente em quem fez curso de especialização. Eu fiz, paguei as mensalidades, fiz o trabalho de conclusão. Se a faculdade tem problema, eu não tinha como adivinhar”, disse. Além de vereador, Renan, atua como clínico-geral concursado em Guaíba e Mariana Pimentel. “Em nada vai mudar a minha rotina, caso o diploma na área de pediatria venha a ser suspenso”, comentou , uma vez que os concursos nas duas prefeituras onde atua são para clínico geral.
Renan formou-se em Medicina na Universidade Católica de Pelotas em 2012 e em 2014 veio morar em Guaíba para trabalhar no Pronto Atendimento.