>CMPC e Sodexo doarão cerca de 60 refeições diárias

CMPC e Sodexo doarão cerca de 60 refeições diárias

Ação social

Buscando o melhor reaproveitamento de alimentos, a empresa Celulose Rio-grandense está dando um exemplo pioneiro no Estado, numa parceria com a empresa Sodexo, responsável pelas refeições na empresa. As duas empresas assinaram termo de compromisso, na quarta-feira, 18 de janeiro, com a FIERGS, o Banco de Alimentos do RS e Guaíba e o Projari.

Através do acordo os excedentes das refeições na CMPC serão repassados diariamente para a Associação Beneficente São José, entidade que é a mantenedora do PROJARI (Projeto Artesanato, Recreação e Informática) e serão suficientes para alimentar entre 60 e 80 pessoas.

A assinatura do termo contou com a presença do presidente da CMPC, Walter Lídio Nunes; do presidente do Banco Social da Fiergs, Jorge Bender; do diretor da Gerdau, Klaus Gerdau Johannpeter; do presidente do Banco de Alimentos do RS, Paulo Rene; do presidente do Banco de Alimentos de Guaíba, Jorge Harlacher; do diretor da empresa Sodexo, Mauro de Marchi; e das irmãs Laura Gavazzoni e Nilva Dal Bello, coordenadoras do Projari.

A irmã Laura agradeceu a parceria, destacando que muitas pessoas irão ser beneficiadas com esta iniciativa de partilha. "A humanidade está carente destes gestos", comentou. O presidente da CMPC destacou a importância da empresa poder contribuir com o Projari, entidade com trabalho reconhecido na cidade, através do aproveitamento dos alimentos excedentes nas refeições. "Transformar o desperdício de alimentos em benefício social é a essência do esforço conjunto das empresas, do Banco de Alimentos e da Sodexo do Brasil", destacou. Lídio lembrou ainda que "há pouco tempo, por questões normativas e de legislação, não era permitida a doação de excedentes de produção de alimentos. Com isso, a comida que poderia alimentar muitas pessoas, era desperdiçada. Resolvidas essas questões legais, abre-se um leque de oportunidades para aproveitamento dos excessos de produção. Guaíba, de forma pioneira, dá este exemplo", disse.

Segurança alimentar

Após a assinatura dos convênios, a empresa Sodexo fez o primeiro carregamento e transporte de alimentos para o Projari, seguindo todas as exigências de saúde e acondicionamento apropriado da comida.

O PROJARI é uma iniciativa que reúne um conjunto de atividades de caráter socioeducativo, artístico, informativo, cultural, profissionalizante e de lazer, sob a forma de cursos e oficinas para crianças, adolescentes, jovens e adultos de Guaíba.