>Cercamento eletrônico beneficiará Guaíba

Cercamento eletrônico beneficiará Guaíba

Segurança

Um carro em situação irregular passa por uma câmera do cercamento eletrônico. Um alerta sobre a irregularidade é emitido na central de videomonitoramento e, imediatamente, repassado para a guarnição da Brigada Militar mais próxima do fato, que aborda o veículo. O cercamento eletrônico é mais uma ferramenta para auxiliar no combate ao furto e roubo de veículos, que apresenta queda nos últimos meses no Rio Grande do Sul.

Com o empenho da bancada gaúcha no Congresso, foi possível levantar recursos para colocar em prática esta ação em 36 municípios do Estado. São mais de R$ 18 milhões investidos em sistemas de videomonitoramento. O valor é parte dos mais de R$ 67 milhões em recursos de emenda parlamentar, aprovada em 2017, somados a uma contrapartida de R$ 6,3 milhões do Estado, num total de R$ 73,6 milhões em investimentos. Os recursos viabilizaram o reforço da Segurança Pública do RS com viaturas, armas e equipamentos.

Em evento realizado na manhã desta segunda-feira,16,  no Palácio Piratini, em Porto Alegre, foi formalizado o início do processo da implantação da tecnologia nos municípios contemplados. A expectativa é que até julho de 2020 todas as 36 cidades estejam com a instalação completa.Entre elas Guaíba que receberá R$  369.785,97.

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, comemorou a iniciativa dos parlamentares gaúchos. “Esta é uma importante ferramenta tecnológica que vem para auxiliar na redução do furto e roubo de veículos e não posso deixar de exaltar essa conquista que veio através da união da bancada gaúcha em prol da segurança no RS”, disse.

A cerimônia marca a terceira ação custeada pela emenda parlamentar com contrapartida do Estado. Desde o início do ano, já foram realizadas outras duas entregas de viaturas, armamento e equipamentos. A primeira ocorreu em abril, no Palácio Piratini, quando a bancada gaúcha se reuniu com o governo estadual para celebrar o repasse de 112 viaturas para a Polícia Civil e de 2.253 coletes balísticos para a Brigada Militar – investimento de R$ 11,7 milhões.

Em maio, um pavilhão do Parque de Exposições Assis Brasil ficou lotado com 272 viaturas, desta vez para a Brigada Militar. Na solenidade também foram entregues 89 fuzis e 274 coletes balísticos para a Polícia Civil – investimento de mais R$ 30,8 milhões.

A emenda da bancada federal, com contrapartida do Estado, também prevê investimento de R$ 12,2 milhões em armamento para a BM, em equipamentos de informática para o Departamento de Comando e Controle Integrado (DCCI) e no reaparelhamento do Departamento de Inteligência da Segurança Pública (DISP) da Secretaria da Segurança Pública (SSP).