>Esgoto começa a ser tratado

Esgoto começa a ser tratado

Saneamento

Na quinta-feira, 5, a Corsan deu prosseguimento aos seus investimentos na ordem de R$ 101 milhões nos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário de Guaíba. Em solenidade realizada no Centro Cultural de Guaíba, foi oficializado o início da operação da Estação de Tratamento de Esgoto no município. Solenidade nesse sentido contou com a presença do secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Rogério Salazar, o prefeito de Guaíba, José Sperotto e do diretor-presidente da Corsan, Jorge Melo.
Na ocasião, foi assinada a ordem de início da obra da adutora de água tratada que beneficiará o sistema integrado de abastecimento de Guaíba e Eldorado do Sul. Em sua manifestação, o secretário Salazar ressaltou que as obras de esgotos além de beneficiar a saúde da população, vão desenvolver o turismo, possibilitando que a cidade, que já se beneficia com a orla, possa potencializar ainda mais esse benefício, lembrando que tem participado de inúmeras solenidades da Corsan, “tendo em vista o volume de obras que a empresa desenvolve em nosso Estado”. Para o prefeito Sperotto a Corsan é um exemplo para outras instituições estaduais, ressaltando a PPP em andamento que vai promover a universalização do esgotamento sanitário da Região Metropolitana.
Conforme o diretor-presidente Jorge Melo, com as obras de esgotamento sanitário em andamento, 30% da cidade passará a contar com o serviço que terá, com a PPP, a universalização do serviço em 11 anos. Sobre o abastecimento de água, informou que em breve será licitada a obra de uma Estação de Tratamento de Água em Eldorado do Sul, o que vai promover a garantia operacional do sistema integrado Guaíba-Eldorado do Sul.
Na ordem de início de obras assinada hoje, consta a execução de um novo filtro e o prosseguimento do tratamento dos lodos da Estação de Tratamento de Água, e a finalização de um reservatório com capacidade para 500 mil litros. Nessas obras no sistema de abastecimento serão investidos R$ 10 milhões. Ainda, no sistema de esgotos sanitários terão ordem de início obras de urbanismo na estação de bombeamento, num investimento de R$ 241 mil.